Associação Blumenau de karate disputa Seletiva para o Pan-Americano de Base

Equipe terá oito atletas na competição, que será em Manaus (AM) que vai definir a Seleção Brasileira para o torneio na Argentina

Após um primeiro semestre de 2017, com bons resultados em competições internacionais e nacionais, a Associação Blumenau de karate/Ipiranga/Barão/Park Europeu/Promoshirt/Arawaza/FMD Blumenau tem várias metas traçadas para o segundo semestre do ano. O primeiro desafio será nesta sexta-feira, dia 14 de julho, em Manaus (AM), quando participa da Seletiva Nacional 3 classificatória para o Campeonato Pan-Americano Sub-14, Cadete, Júnior e Sub-21 programado para o período de 21 a 26 de agosto, em Buenos Aires, na Argentina.

Na Seletiva, o grupo blumenauense terá a participação de oito atletas (ver tabela). Para a disputa por vagas para integrar a Seleção Brasileira no Pan-Americano de Base, A Associação Blumenau de karate, que representa a Seleção Catarinense de karate, aposta na experiência de atletas, que já defenderam a Seleção e que participaram das duas primeiras Seletivas para o Brasileiro durante o primeiro semestre de 2017.

Expectativa

“É um grupo de qualidade, com boas chances de classificação”, opina Vanderlei de Oliveira, treinador da Seleção Brasileira de karate. “Espero bons resultados de todos os atletas”, completa o técnico. A equipe terá por exemplo, Júlia Krüger, medalha de bronze no Kumitê Sub-21 no Sul-Americano e Nicole Bauchspiess, também bronze no Sul-Americano, mas pela categoria Sub-14. Agora, na Seletiva, vai disputar pela Cadete,

Vale destacar que a Associação Blumenau de karate já tem seis atletas classificados para o Pan-Americano de Base, em quatro categorias (ver tabela0. As vagas foram conquistadas durante o Sul-Americano disputado em Santa Cruz de La Siera, na Bolívia, na Bolívia, quando ficaram entre os três primeiros colocados nas suas respectivas categorias. “Espero que a equipe tenha uma boa participação e que tenhamos o maior número possível de vagas conquistadas para o Pan-Americano”, comenta Vanderlei.

 

 

Deixe uma Resposta